Dia da Amazônia

Em homenagem a criação da Província do Amazonas por D. Pedro II em 1850 e a fim de conscientizar a sociedade a cerca da preservação do meio ambiente, comemora-se hoje o Dia da Amazônia. Berço de uma miscigenação inigualável, a maior floresta tropical do mundo abriga inúmeras espécies da fauna e flora, contando ainda com espécies que desconhecemos até então. A proporção de importância vai além do que podemos notar à primeira vista. Significativamente, a absorção de carbono para vegetação da área ambiental ajuda na diminuição de dióxido de carbono na atmosfera, apesar da queima e inúmeras tentativas de destruição. Vale ressaltar que devido a esta grande expansão florestal, ela vem sofrendo com o abuso humano em atividades como a pecuária, agroindústria, hidrelétricas, mineração e extração de madeira (ilegais em boa parte).Dia da AmazôniaEm agosto de 2017, Michel Temer aprovou o Decreto 9.142/2017 que visava extinguir a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca), localizada nos estados do Pará e Amapá – para ter uma base, o tamanho do território é equivalente ao Espirito Santo. A justificativa do Governo dizia que a extinção não afetaria nenhuma unidade de conservação, além de coibir a exploração ilegal já afetada por esta área da Amazônia. É importante destacar que a Renca não se trata de uma reserva ambiental, mas sim uma reserva de resguardo para uso econômico, possuindo grandes jazidas de minério de ferro, ouro e manganês.Dia da AmazôniaEm contrapartida, o site do Partido dos Trabalhadores, divulgou que “a Renca funcionava como uma espécie de ‘blindagem de proteção’, para que as unidades de conservação desta área não fossem devastadas. Com o decreto, o governo Temer extingue a reserva e permite a exploração da área por empresas privadas de mineração. O decreto foi publicado sem qualquer processo de consulta à sociedade, povos e comunidades afetados por ela mudança na área.” Sob pressão de manifestantes de organizações ambientalistas, indígenas, artísticas e populares, Temer revogou o decreto. A decisão fora divulgada pelo Diário Oficial da União dia 26/07/17 – tais autorizações para explorar a área de 4,7 milhões de hectares entre o Pará e o Amapá estavam suspensas desde o fim de agosto por determinação do Ministério das Minas e Energia (MME), mas o decreto continuava valendo.Dia da Amazônia

O site oficial do governo criou uma lista didática e interessante com explicações detalhadas a fim de promover a proteção e desenvolvimento da nossa floresta. Entre eles, estão o Plano contra o desmatamento, Programa Amazônia sem Fogo, Plano Amazônia Sustentável, Projeto Amazônia SAR, Programa Arpa, Assentamentos Verdes, Programa Calha Norte, Amazônia Conectada, Missão Amazônia e Inventário Florestal Nacional.Dia da Amazônia

Compartilhe:
Voltar para Categoria