A Cor não tem Fim

De 17/01 a 16/12 deste ano, o Museu de Arte Brasileira exibe a mostra inédita intitulada “A cor não tem fim: pinturas e tapeçarias de Jacques Douchez”, que traz obras exclusivas do artista e tapeceiro francês.A Cor não tem Fim

O evento é um exemplo que prioriza a estética visual das cores, destacando amplitude e diversidade nos elementos, variadas combinações e contrastes que expressam as características de cada criação e efeitos visuais de encher os olhos. “A cor não tem fim” ocupa a sala central do ambiente e traz ao público a recente coleção do acervo do MAB FAAP composta por pinturas e tapeçarias de Jacques Douchez.A Cor não tem Fim

Sob curadoria de José Luis Hernández Alfonso, Laura Rodríguez e Tatiana Bo, a exposição divide espaço com a mostra inédita chamada “P/B – Acervo MAB”, apresentando um recorte de obras que predominam pigmentos pretos, brancos e varáveis tons de cinza.

Segundo a crítica Lisetta Levi, Douchez se expressa através da lã e seus temas plásticos decorrem das possibilidades específicas da fibra: torção, jogo de faixas que se entrelaçam. Isto cria uma tapeçaria articulada, móvel, flexível. A personalidade de Douchez se revela naturalmente na sua obra. Formado em Artes Plásticas e em literatura, ele tem uma cultura humanista. Mas sem renegar os valores clássicos, se expressa hoje numa linguagem eminentemente contemporânea. Há quase sempre nas suas obras, uma organização racional da forma, que tem um parentesco com a arquitetura. As tapeçarias são de fato concebidas para integrar-se na arquitetura, na qual dominam a verticalidade, a horizontalidade e a curva. É interessante notar que Douchez, apesar de suas obras serem abstratas, coloca títulos nas tapeçarias, títulos que abrem margem à imaginação. É evidente que Azincourt é uma obra que se justifica por si mesma, mas através do título surgem à nossa frente, com suas lanças, os soldados franceses derrotados em 1415 pelos ingleses. Das formas abstratas, surgem imagens figurativas, criando assim um mundo de sugestões plásticas.A Cor não tem Fim

Confira mais informações sobre a programação:

Datas e horários: Abertura dia 17 de janeiro de 2018.

Em cartaz até 16 de dezembro de 2018.

De segunda a sexta-feira, das 10h às 18h (permanência até as 19h); sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h (permanência até as 18h). Fechado às terças-feiras, inclusive quando feriado.

Local: MAB FAAP (Sala Annie Alvares Penteado) | Rua Alagoas, 903 – Higienópolis, São Paulo.
Entrada livre e gratuita.

Compartilhe:
Voltar para Categoria