Narrativas afro-atlânticas no MASP

Estreou no MASP (Museu de Arte de São Paulo), dia 28/06, a nova exposição voltada às histórias e narrativas afro-atlânticas a partir da perspectiva de artistas como Djanira da Motta e Silva, Andy Warhol, Frans Post, Barkley L. Hendricks, Jean-Baptiste Debret, Gerard Sekoto, Cicero Dias, , Ernest Mancoba, Heitor dos Prazeres, Jacob Reynolds, Sônia Gomes, contando com mais de 400 obras ao longo de 5 séculos de história. O foco não é mostrar ao público apenas o contexto escravocrata, em que toda a sociedade era forçosamente retirada de seu território para prestarem serviços forçados em colônias europeias no Caribe e Américas.

Toda a exposição será dividida entre o MASP e o Instituto Tomie Ohtake. O trabalho é uma continuidade da mostra Histórias Mestiças idealizada em 2014 pelos curadores Adriano Pedrosa e Lilia Schwarcz. Entre aproximadamente 400 obras de 200 artistas nacionais e internacionais, é possível encontrarmos uma pluralidade de peças como pinturas, desenhos, filmes, vídeos, fotografias, esculturas e também documentos impressos de artes africanas, latino e norte-americanas, caribenhas e europeias.

Narrativas afro-atlânticas no MASP

Segundo publicação do Instituto Tomie Ohtake, “É importante ressaltar que o Brasil é um território chave nessas histórias, pois recebeu cerca de 40% dos africanos que, ao longo de mais de 300 anos, foram tirados de seus países para serem escravizados desse lado do Atlântico (número correspondente ao dobro dos portugueses que se estabeleceram no país para colonizá-lo). De maneira bastante perversa, o Brasil foi também o último país a abolir oficialmente a escravidão, em 1888, por meio da Lei Áurea, que completa 130 anos em maio deste ano.”

Narrativas afro-atlânticas no MASP-

Um dos pontos interessantes é ressaltar que todo o evento está organizado de forma independente nos dois locais: não há uma ordem cronológica ou enciclopédica que deva ser seguida obrigatoriamente, pois cada ponto apresenta movimentos artísticos, geografias e temporalidades distintas.

Você pode participar do evento mesmo que indiretamente e apoiar todo esse movimento lindíssimo, além de ganhar vários brindes em troca. Saiba mais informações clicando aqui.

Narrativas afro-atlânticas no MASP - 3 Narrativas afro-atlânticas no MASP (2)

Confira a programação abaixo:

Onde: São Paulo – SP

Datas: 28/06/18 à 21/10/18

Abertura: 28/06/18 às 20:00h / Terça-feira, Quarta-feira, Quinta-feira, Sexta-feira, Sábado, Domingo das 10:00h às 18:00h e quinta-feira das 10h às 20h (bilheteria até 19h30)

Local: Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand – MASP – Avenida Paulista, 1578 – Cerqueira César

Narrativas afro-atlânticas no MASP -2

Compartilhe:
Voltar para Categoria IR PARA O PRÓXIMO POST:
Estilo boho chic - looks e onde comprar